Deu tudo errado na abertura da Disneyland, em 1955

Celebridades hollywoodianas e seus filhos ajudaram a formar a multidão de pessoas que foram à Grande Abertura Image by © Bettmann/CORBIS
Celebridades hollywoodianas e seus filhos ajudaram a formar a multidão de pessoas que foram à Grande Abertura Foto:  © Bettmann/CORBIS

“Aqui você deixa o hoje e entra no mundo do ontem, do amanhã e da fantasia”, diziam os letreiros da Walt Disney Company. Era 17 de julho de 1955 e assim como em todo verão americano que se preze, fazia um calor de lascar na California. A Disneyland, na cidade de Aneheim, abriria seus portões pela primeira vez. Mas o que poucos sabem é que o primeiro dia na terra da Magia foi, na verdade, um gigantesco desastre.

Essa história, tão curiosa quanto incomum à marca “Disney”, me chamou bastante atenção, afinal, a Disney é uma das companhias mais valiosas e se tornou mundialmente famosa, dentre outros fatores, pelo seu alto padrão de atendimento. Por isso resolvi falar sobre esse episódio por aqui (digamos que o fato de ser ex-empregada da Disney teve uma certa influência nessa ideia pro post também :)).

Imagine um parque pensado e idealizado pelo próprio Walt Disney por 20 anos! A Walt Disney Company já estava bem estruturada na época e, claro, um parque de diversões inédito como aquele acabou atraindo a atenção de milhares de pessoas. A inauguração foi amplamente anunciada na TV (ela foi televisionada e apresentada em partes por aquele que seria o futuro presidente dos EUA, Ronald Regan), mas os ingressos eram limitados. Seriam apenas 6 mil para o grande dia, mas, ao final, 28.154 pessoas acabaram entrando com ingressos forjados. Taí, em partes, o porquê tudo daria errado, né?

Com esse tanto de gente, é claro que eles teriam problemas com a infraestrutura e os serviços. Faltou comida nas lanchonetes e os bebedouros não estavam funcionando. Dizem que isso se deveu a uma greve de encanadores, e a Disneyland teve que escolher entre vasos sanitários funcionando perfeitamente ou os bebedouros. E, sim, eles preferiram à descarga às fontes de água. Algumas más línguas afirmam que essa era uma estratégia pra vender mais pepsi, um dos maiores patrocinadores (rs).

E a zica não parou por aí, não. Convidados especiais se atrasaram por causa do trânsito, e teve até um âncora de TV que foi pego, ao vivo, beijando uma dançarina. Imaginem só! haha

Os executivos da empresa chegaram a se referir à data, posteriormente, como “Black Sunday”. Mas claro que a situação não ficaria por isso mesmo. Como um excelente mediador de relacionamentos que Disney sempre foi, depois do episódio ele convidou a imprensa para ir aproveitar o parque apropriadamente, num outro dia. O que mais se poderia esperar desse empresário visionário à quem atribuímos a frase “Você pode sonhar, criar, desenhar e construir o lugar mais maravilhoso do mundo, mas é necessário ter pessoas para transformar seu sonho em realidade”?

Hoje sabemos que essa má sorte do primeiro dia em nada influenciou a capacidade desse parque de crescer, prosperar e continuar expandindo suas atividades até os dias atuais. Mas penso que foram gestos como esse, lá em 1955, os responsáveis por deixar um legado de como tratar bem o cliente e consertar relacionamentos, mesmo diante de eventuais “pequenos” desastres. O famoso e aclamado “Disney Service”.

Confiram algumas fotos da grande inauguração, que apesar de tumultuada como você bem viram, acabou contribuindo para que a Disney se transformasse no que é hoje:

Walt Disney sentado à frente do castelo, durante o anúncio televisionado nacionalmente da abertura da Disneyland. Foto: © Bettmann/CORBIS
Walt Disney sentado à frente do castelo, durante o anúncio televisionado nacionalmente da abertura da Disneyland. Foto: © Bettmann/CORBIS
Participantes da Parada se aprontavam para a abertura que seria televisionada em 17 de julho de 1955. (Foto: Allan Grant/The LIFE Picture Collection/Getty Images)
Participantes da Parada se aprontavam para a abertura que seria televisionada em 17 de julho de 1955.
(Foto: Allan Grant/The LIFE Picture Collection/Getty Images)
Policiais conversam com garotinho que parece perdido, sentado do lado de fora do Cinema da Main Street. Image by © Bettmann/CORBIS
Policiais conversam com garotinho que parece perdido, sentado do lado de fora do Cinema da Main Street.
Foto: © Bettmann/CORBIS
Walt e a primeira visitante da Disneylando: Elaine Lond, aos 3 anos, teve o privilélgio de entrar no parque na véspera e ainda tomar um sorvete com ninguém menos que o próprio Disney. Image by © Bettmann/CORBIS
Walt e a primeira visitante da Disneyland: Elaine Long, aos 3 anos, teve o privilégio de entrar no parque na véspera da grande inauguração e ainda tomar um sorvete com ninguém menos que o próprio Disney.
Foto: © Bettmann/CORBIS
Walt Disney sorri enquanto se prepara para a grande abertura na frente da Fantasyland. (Photo by Allan Grant/The LIFE Picture Collection/Getty Images)
Walt Disney sorri enquanto se prepara para a grande abertura na frente da Fantasyland.
Foto: Allan Grant/The LIFE Picture Collection/Getty Images
Crianças entrando no Castelo rumo à Fantasyland Fotógrafo - Allan Grant Time Life Staff Merlin-1151264
Crianças esperando para entrar no Castelo rumo à Fantasyland
Foto: Allan Grant
Time Life Staff
Merlin-1151264
Walt Disney , sua esposa Lillian, e sua filha Diane, aproveitando a ride da xícara, logo após a abertura da Disneyland. Foto: Gene Lester/Getty Images
Walt Disney , sua esposa Lillian, e sua filha Diane, aproveitando a ride da xícara, logo após a abertura da Disneyland.
Foto: Gene Lester/Getty Images

Até a próxima!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *