Banff ou Jasper: comparando dois incríveis parques canadenses

Roadtrip-Alberta

Alberta, Canadá. Casa das incríveis Montanhas Rochosas e de alguns dos parques nacionais mais belos do  mundo. A província, que fica no lado oeste do Canadá, é a 4º mais populosa do país e é bastante popular por abrigar o Banff National Park e o Jasper National Park, que incluem incríveis paisagens e as cidades que lhe deram os respectivos nomes. Mas e se você tivesse tempo para ir em apenas uma, qual escolheria?

Não é de hoje que esses dois lugares são disputadíssimos em beleza, adrenalina e vida selvagem. Mas pra ajudar você a decidir (ou deixá-lo ainda mais confuso rs), confrontamos as duas cidades e seus parques considerando quatro critérios: localização, infraestrutura, parques e vista panorâmica.

Localização

Banff Viza Travellers
Rua principal de Banff vista a partir do Cascade Garden, na outra ponta da cidade.

A cidade de Banff fica a cerca de 847km de Vancouver (British Columbia). Apesar da distância, a viagem de carro, que foi a opção que escolhemos, é bem tranqüila, já que as estradas são ótimas, e as pessoas extremamente prudentes e respeitosas quanto às regras de trânsito. Mas Banff também fica muito próxima de Calgary ( a 125km), uma outra grande cidade do Canadá e que tem um aeroporto internacional movimentado.

Ou seja, no quesito localização, Banff se sai bem pela fácil acessibilidade. Chegar a Jasper é mais difícil, então? Não, é apenas mais distante. A nossa trajetória foi Vancouver > Revelstoke > Banff e depois seguimos para Jasper. Depois de nossa estada por lá, o caminho de volta foi Jasper > Kamloops > Vancouver. Ainda assim, é inegável que a posição geográfica favorece mais à Banff. E consequentemente a infraestrutura, o que nos leva ao próximo critério.

Banff 1 x Jasper 0

Infraestrutura

A gente chega à Banff e logo de cara já se impressiona com a infraestrutura da cidade. O turismo é o que move tudo, mas a cidade conserva bem seu ar de interior requintado. Não dá pra negar que eles aproveitaram bem o meio ambiente ao redor para levantar uma estrutura hoteleira invejável, e a gastronomia acompanhou, claro. Por toda extensão da avenida principal que corta a cidade, pipocam restaurantes e pubs moderninhos, com seus hamburgers gourmet e cervejas artesanais produzidas localmente (confira aqui uma lista com os 5 melhores bares). Mas quem quiser ir de italiano, francês, mediterrâneo, chinês, enfim, não vai ficar na mão.

Banff Park Distillery burger

Banff Park Distillery menu
No Park Distillery Restaurant and Bar, fomos de hamburger, peixe assado, fritas e cerveja local.

Em Banff tem um Starbucks e Jasper não. Bem, acredito que isso diz bastante do tipo de turismo que Banff atrai. É mais glamoroso e comercial, sim.

Banff Viza Travellers Cascade Shops

Banff rua principal Viza Travellers
Passeio pela rua principal de Banff

Já Jasper é totalmente into the woods. A sensação é de que “construímos a cidade no coração da floresta canadense, mas não queremos incomodar esse ecossistema”. E tudo favorece pra essa vibe: a cidade é menor, o turismo não é tão movimentado quanto em Banff e até os animais selvagens parecem dar mais pinta por lá. Dizem que Banff era como Jasper há algumas décadas, mais cara de cidade interiorana, sabe? Parece que você está numa outra época, e apesar de diferente de Banff, a energia da natureza ao redor Jasper é incrível e contagiante.

Jasper
Centro de Jasper, foto do blog Jasper Travel.

Mas de qual eu gostei mais?

De Banff!  A cidade combina tudo na medida certa. Claro que fomos pra lá atrás das paisagens deslumbrantes, mas eu realmente adoro descobrir aquele bar local descolado, dar uma volta pelas lojinhas de arte da cidade ou aproveitar um pouco de conforto num hotel bed and breakfast de uma ruazinha pouco freqüentada. E Banff tem tudo isso.

Banff 2 x Jasper 0

Vista Panorâmica

Ambas Banff e Jasper possuem vistas panorâmicas das Rocky Mountains do alto das Montanhas Sulphur e Whistlers respectivamente. Chega-se até lá de gôndola: Banff Gondola ($49) e Jasper Skytram ($39,95). Mas qual vale mais a pena? Bem, esse tópico foi parcial, pois… nós não fomos na Banff Gondola de fato. Durante nossa estadia a maior parte do dia estava nublado, e antes de irmos embora pra Jasper, chegamos na gôndola às 09h para descobrir que ela abria somente às 10h. Não quisemos esperar. Maaaaas, fizemos, sim, uma vista panorâmica de outro ponto alto da cidade: da Mountain Norquay. Eu e o Júlio fomos até lá no dia em que nevou em Banff, pois queríamos ver a neve de perto (detalhe: era final da primavera). A Norquay Ski Station estava fechada para ski, mas a estrada até lá era acessível e proporcionava uma vista linda e de graça. Enfim, valeu muito a pena:

Mountain Norquay Viza Travellers

Moutain Norquay Viza Travellers 2
Vista de Banff

Mountain Norquay Viza Travellers 3

Mountain Norquay Viza Travellers 4
Caminho para a Mountain Norquay

Mas pra compensar, não deixamos de ir no Jasper skytram e provavelmente foi o melhor que poderíamos ter escolhido, porque descobrimos que esse é o maior e mais longo teleférico do Canadá. Mais alto, melhor vista, certo? :p

Whistlers Mountain Viza Travellers 3

Whistlers Mountain Viza Travellers

Whislters Mountain Viza Travellers 2

Jasper de cima Whistlers MountainsJasper vista do alto da Whistlers Mountain, depois de pegar o skytram (teleférico)

Bem, Norquay é mara, mas não deu pra comparar com a vista do Skytram em Jasper.  São 973 m de elevação desde a estação onde você embarca.

Banff 2 x Jasper 1

Parques

Esse foi o critério mais difícil, sem dúvidas. Ambos são fantásticos, mas vamos aos fatos. O Banff National Park foi o primeiro parque nacional do Canadá e possui 6.600km2 de lugares que deixariam qualquer “paraíso” no chinelo. Logo na entrada do famoso Lake Louise, a 50km antes da cidade de Banff, já estávamos de queixo caído. Sério, quanto mais próximo chegávamos de Banff, maior era a quantidades de trechos deslumbrantes: quilômetros e quilômetros de florestas, montanhas de picos nevados e pequenas cachoeiras e rios ao lado da estrada. Mas eu não estava nada preparada para a grandiosidade do Lake Louise. Que lugar foda! Quase jurei que não veria mais nada tão bonito na vida, mesmo antes de visitar os outros lagos (dos quais eu inclusive tinha vistos fotos maravilhosas na internet antes da viagem).

Lake Louisa Viza Travellers

Lake Louisa Viza Travellers

Lake Louise

Lake Louisa Viza Travellers

Mas, boy was I wrong. Lake Louise seria apenas o começo de uma série de “uaus”. Ainda passaríamos pelo Moraine Lake e pelo Peyto Lake, esse último já no outro extremo do Banff National Park, a caminho da cidade de Jasper.

Moraine Lake Viza Travellers
Moraine Lake
Peyto Lake Viza Travellers
Peyto Lake, que dizem ter o formato de um lobo

Mas o Jasper National Park não deixa nada fácil essa disputa. Os seus impressionantes 11.000km2 possuem dezenas de lagos igualmente fodas como o Maligne e o Patricia Lake. Confira aí as fotos deles respectivamente:

Maligne Lake

Patricia Lake

É, dá pra ver que a disputa é acirrada, e olha que essas são apenas algumas das dezenas de atrações dos  dois parques (os rios, as cachoeiras e os canyons também estão por toda parte), ligados por uma das estradas mais bonitas do mundo (tá bom pra você?).

Confesso que tivemos menos tempo na área do Jasper National Park, então naturalmente escolho o Banff National Park, mas sem medo de errar: o Peyto Lake, o lago que tem o formato da cabeça de um lobo, foi o mais impressionante que vi nessa viagem e destronou a minha breve coroação do Lake Louise (rs). E apesar de o acesso à água diretamente não ser possível, a vista do deck para as árvores e montanhas é de outro planeta. 😍

Banff 3 x Jasper 1

Veredito:

Deu Banff, sim, mas o Jasper National Park é igualmente maravilhoso. Escolher um em detrimento de outro não é uma boa ideia, a não ser que você realmente esteja sem dias a mais para ir aos dois. A estrada Icefield Parkways, por si só, tem incontáveis paradas que comprovam que o paraíso, na verdade, não tem a ver com praia e sol necessariamente, mas combina perfeitamente com águas congelantes e montanhas gigantes cobertas de neve. 😉

Quer saber como foi nossa estadia em Jasper? Contamos a experiência numa crônica aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *