Atrações gratuitas em Victoria, no Canadá

Passamos nossos últimos dias no Canadá em Victoria, a capital da Columbia Britânica que fica a cerca de 2 horas de Vancouver. Fim de viagem = menos dinheiro no bolso mas vontade igual de explorar o que a cidade tem de melhor pra oferecer. Daí, fizemos nossa tarefa de casa e levantamos os lugares que gostaríamos de conhecer e que eram acessíveis e gratuitos.

1. Hatley Castle

A informação sobre essa atração caiu no nosso colo, literalmente. Em uma das conexões a caminho do Canadá, folheando uma revista da companhia aérea, encontramos esse castelo, que chamou nossa atenção de cara. Primeiro porque a foto mostrava um lugar incrível, seguido pelo fato de depois descobrirmos que ele era, nada mais nada menos, que o cenário de vários filmes e séries de TV, dentre as quais X-men e Deadpool. Pronto. Já tava na nossa to-do-list antes mesmo de pisarmos em solo canadense.

Hatley Castle Viza Hatley Castle Viza Travellers
Olha a cara da pessoa [super] empolgada

O castelo, na verdade, fica no município de Colwood, e faz parte da Royal Roads University, a cerca de 15km do centro da cidade de Victoria. A gente gastou quase 1 hora até lá, pois fomos de ônibus, já que o transporte público é confortável  e acessível.

O ambiente é bem universitário mesmo. Não é um lugar tão frequentando por turistas, e no dia em que estivemos lá, éramos os únicos na área. O castelo foi construído em 1906 pelo governador de British Columbia, James Dunsmuir, e alguns anos depois se tornou a sede do Colégio Militar Royal Roads para treinamento naval (1948). Mas o que chama a atenção mesmo é a imponência da construção cercada por jardins além da lista impressionante de séries e filmes que usaram o local como set de filmagem, claro.

Hatley Castle Viza Travellers Victoria BC
Parte de trás do castelo

Hatley Castle Viza Travellers Victoria BC

Nós não fizemos o tour pelo interior da propriedade, mas pra quem tiver interesse paga-se $18,50 para conhecer o primeiro andar e os jardins de rosas, japonês e italiano. O tour guiado é a única opção para quem quer entrar no castelo.

2. Dallas Waterfront Trail

Essa é uma trilha à beira mar, conectada pelo Beacon Hill Park, um parque centenário e bastante importante pra história da cidade. Dizem que uma visita à Victoria não é completa sem uma ida ao Beacon Hill, mas nem todo mundo se dá conta de que a Dallas Waterfront Trail fica logo do outro lado da rua de um dos extremos do parque (atravessando a Dallas Road) e é um lugar igualmente worth a visit. Os frequentadores são normalmente os moradores que saem pra caminhar, passear com seus cães ou simplesmente admirar o litoral e seus ventos gelados, mas de um visual que [quase] espanta o frio. E essa atmosfera dá uma sensação de se estar em outra cidade. Alguns pontos da trilha dão para escadas de acesso à areia, e apesar de parecer um pouco isolado, é bastante seguro. O mar estava agitado e várias pessoas praticavam kitesurfing. Vimos também alguns cachorros levando seus donos pra passear (sim, eles disparam praia adentro, felizes e sem coleira, loucos pra dar um mergulho (!) no mar).

Dallas Waterfront Trail BC Viza Travellers

Imagem daqui.

Kitesurfing em Victoria BC
Observando os kitesurfers. Tava com frio por mim e por eles! 😬 ❄️

3. Inner Harbour

Das três opções, essa é definitivamente a mais turística. Também não poderia ser diferente, já que esse é o porto principal da cidade e fica bem diante do Parlamento do Governo da Columbia Britânica. Além disso, o porto é próximo do centro histórico, onde fica a charmosa Government Street, uma das ruas que dão acesso a ele.

Government Street Viza Travellers
Cruzamento da Government Street com a Wharf Street. Essa parte da rua é fechada para carros. É super agradável passear pelas incontáveis lojinhas de souvernirs, cafés e restaurantes
Government Street Viza Travellers Pour Cafe
Uma cafeteria fofa pelo caminho 🙂
Victoria Parliament Viza Travellers
Onde está Wally? 🙄
Inner Harbour Viza Travellers
Nada mal chegar no porto para o por do sol!

Victoria fechou nossa férias no Canadá com chave de ouro. Se você quer saber mais sobre o nosso roteiro, acesse os outros posts sobre Vancouver e nossa roadtrip nas Montanhas Rochosas. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *